A Revista Íntegra, após cinco anos de publicações, chega ao fim.
Convidamos você a conferir esta última edição. Saiba mais...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Como Raul Seixas driblava a censura

Quando Raul Seixas foi convidado a participar do musical infantil "Plunct Plact Zum", muitos o acusaram de ser "vendido ao sistema" que "a Rede Globo seria uma forma de impulsionar sua carreira no inicio dos anos 80". Mas, o que poucos sabem é que o roqueiro estava usando de suas artimanhas para mandar um recado na telinha dirigida pela mão de ferro de Roberto Marinho.
Na música tema do programa, seu personagem "Carimbador Maluco" cantava os versos:
"Tem que ser selado, carimbado, avaliado, rotulado, se quiser voar" numa clara alusão ao escritor anarquista do século 19, Pierre Joseph Proudhon.
No livro de Proudhon "Idée générale de la révolution au XIXe siècle" há um trecho que diz assim:
"Ser governado é ser notado, registrado, recenseado, tarifado, selado, medido, cotado, avaliado, patenteado, licenciado, autorizado, rotulado, admoestado, impedido, reformado, reenviado, corrigido".
Com isso, o irreverente Raul Seixas trouxe aos baixinhos da época uma mensagem anarquista, sem que os diretores da Globo percebessem...isso ainda na época da ditadura, na vagarosa abertura política dos anos 80.
Marcelo Madeira - Zurique, Suíça

Um comentário:

Marcelo Candido Madeira disse...

Obrigado pelo post! Viva Raul!