A Revista Íntegra, após cinco anos de publicações, chega ao fim.
Convidamos você a conferir esta última edição. Saiba mais...

sábado, 27 de março de 2010

“As aventuras do Cometa Finório” na Pestalozzi

No mês de março, a Pestalozzi-Hardau realizou a primeira leitura para crianças de língua portuguesa de Zurique e região.
Nos dias 10 e 13 de março, mais de 240 crianças, pais e professores compareceram a Pestalozzi para assistir à leitura das “Aventuras do Cometa Finório” permeadas de brincadeiras, ilustrações e música ao vivo.
As atividades em torno das histórias do Cometa Finório são criadas pela dupla de animadores, o escritor e compositor Marcelo Madeira e a musicóloga Jolanda Giardiello. As canções são acompanhadas por percussão, saxofone, violão e canto. Segundo o autor, Marcelo Madeira, a escolha do tema foi “uma forma de tratar sobre questões mais universais, as estrelas, os cometas, tudo que rodeia a nossa casa, o planeta Terra. Não importa se falamos o português da África, do Brasil ou de Portugal, falamos o português que se fala no planeta Terra”.
O evento teve a presença de turmas das escolas de língua portuguesa ABEC, Escola Hardau, Escola Sihlfeld, escola Kern/ Hohl, escola Langdorf Frauenfeld, entre outras, atestando o interesse da comunidade lusófona por atividades do gênero para crianças dos 2 aos 9 anos.
E tudo indica que, se depender da criançada, o cometa Finório seguirá adiante com suas aventuras pelo cosmos em escolas e bibliotecas interessadas em promover o prazer da leitura às crianças de língua portuguesa na Suíça.

Colaboração de Ana Widmer, Zurique-Suíça

3 comentários:

Olivia disse...

que maravilha!
a união sempre fará a força e formará a cabeça!
parabéns pela iniciativa da Pestalozzi e para a dupla talentosíssima que realizou o evento!!
beijos de São Paulo, Brasil, onde também se fala o português do mundo!

Isabel disse...

Parabéns aos artistas, à Pestalozzi mas especialmente à Glaucia que teve a visão e "alinhavou" o projecto.


Ao "nosso Português", ao nosso património cultural!

Marcelo Candido Madeira disse...

A Glaucia tem todos os méritos! Atráves da Pestalozzi costurou o contato com associações, escolas e centros lusófonos da regiaão de Zurique para que realizássemos o projeto! Foi um prazer enorme participar de tal empreitada!