A Revista Íntegra, após cinco anos de publicações, chega ao fim.
Convidamos você a conferir esta última edição. Saiba mais...

sábado, 27 de março de 2010

Cruzes, minaretes e montanhas - Magda Hammer

Suíça, março de 2010.
Em outubro do ano passado, um grupo de alpinistas surpreendeu-se ao chegar no topo da montanha Vanil Noir e deparar-se com uma enorme cruz tombada no chão.
Em fevereiro desse ano, mais uma cruz nas mesmas circunstâncias foi encontrada em uma outra montanha, em Les Merlas.
Grande detalhe: as cruzes haviam sido serradas.
A polícia, com a pulga atrás da orelha, abriu uma investigação. Quem seria o maluco que carregaria uma serra até o topo da montanha para cortar uma cruz? E para que tal esforço?
Na última segunda-feira, um guia alpinista foi preso e confessou o „crime“. Disse que serrou as cruzes por motivos espirituais. Com seu ato ele queria mostrar sua incompreensão pelo fato da igreja colocar símbolos religiosos no pico de montanhas. Para ele uma montanha é um lugar neutro e livre que pode e deve ser contemplado por todos, independente de sua religião ou crença.
Gostei da reflexão do rapaz. Qualquer semelhança com a iniciativa à probição das minaretas é mera coincidência. Ou não?
Magda Hammer- Zurique, Suíça

6 comentários:

disse...

Um Viva a "sanidade" desse ato !!!
... e o chamam de crime.

Magda Hammer disse...

Ola Rê, ninguém chamou o rapaz de criminoso no artigo que li e pelo qual pude relatar o acontecimento aqui. Eu é que brinquei com a palavra crime mas entre aspas para deixar claro que era uma ironia. Foi um tropo linguistico. O rapaz depois foi solto e vai ter que pagar uma multa, so isso.
Abraço e obrigada pela participaçao!

Magda Hammer

Anônimo disse...

Super legal o artigo! Próxima vez que eu for pras montanhas vou levar um serrote também!

isabel disse...

Seria interessante saber a posição deste rapaz em relação à construção dos minaretes.

Patrícia Flores disse...

Anônimo, eu tô contigo! Também vou levar um serrote quando escalar alguma montanha.

Anônimo disse...

Toda vez que o Kaka (ou Caca???) e os outros da seleçao brasileira tiram a camiseta pra mostrar a de baixo com slogan "Eu amo Jesus" ou coisa parecida eu sinto vontade de pegar o serrote!!!
Abraço,
Lola